encuentroeciencia2017

O Encontro Latinoamericano de eCiência BELLA-T (a realizar-se juntamente com TICAL2017, em San José, Costa Rica, entre 3 e 5 de julho) busca oferecer um novo espaço para o intercâmbio de conhecimento e boas práticas no uso das Tecnologias da Informação e Comunicações (TIC) no âmbito da pesquisa, com vistas a contribuir com a melhoria e a otimização da gestão e do trabalho dos grupos científicos da região.

 

Com este objetivo, convoca os pesquisadores latino-americanos a apresentarem trabalhos que exponham suas experiências no desenvolvimento de iniciativas colaborativas que envolvam o uso das TIC (redes avançadas, bases de dados, repositórios, visualização, supercomputação, entre outros) nas áreas de Biodiversidade, e-Saúde, Meio Ambiente, Astronomia, Arte e Cultura em Rede e Física de Altas Energias, consideradas prioritárias.

Espera-se que os trabalhos apresentem uma experiência que permita conhecer pelo menos os seguintes aspectos:

  • O impacto da pesquisa desenvolvida.
  • TICs empregadas no desenvolvimento da pesquisa e a descrição do apoio e/ou contribuição dada para o cumprimento do objetivo da pesquisa.
  • Descrição da rede de colaboração que participou do projeto.
  • Descrição da experiência adquirida para construir as equipes e as estratégias de colaboração no projeto, particularmente entre os pesquisadores e os especialistas em tecnologias (experiências aprendidas).

Temáticas Prioritárias

Nota: Os temas que se apresentam nas áreas prioritárias a modo de exemplo não excluem outros que podem ser apresentados pelos pesquisadores que desejem postular a esta convocatória.

1. Biodiversidade: Definição de necessidades e padrões de infraestrutura para incrementar o monitoramento global; experiências na implementação de Darwin Core, dados abertos e os novos enfoques para a publicação de dados; Qualidade dos dados, problemas, métodos e ferramentas; Padrões e semântica de dados para Biodiversidade; Visualização de dados para a obtenção de conhecimentos úteis e análises de dados; Melhores práticas para a implementação de serviços de informática de Biodiversidade.

2. e-Saúde: Tecnologias móveis para redes de pesquisa; Laboratórios Virtuais para Saúde; Cirurgia Digital; Serviços de inovação de produtos em e-Saúde/Telesaúde; Pesquisa em campos específicos e especialidade de medicina; Registro médico eletrônico; Os sistemas para a educação em Saúde baseada em imagens médicas; Colaboração audiovisual em entornos de Saúde; Pesquisa plataforma da rede de Saúde; Entornos informáticos para a pesquisa em Saúde.

3. Meio Ambiente: Vulcanismo e Tectônica de Placas; Neotectônica e Sismologia; Mudanças climáticas; Deslizamento e Geotecnia; Gestão do Risco; Gestão de Ecossistemas; Uso e gestão da água, clima e ar limpo; Uso eficiente de recursos.

4. Astronomia: Exoplanetas e Vida extraterreste: a busca e a caracterização de planetas extrassolares; Transientes: explorando o “Time domain” em Astronomia; Energia Escura, Matéria Escura, e Cosmologia: Buscando sinais fracos em dados massivos; Astroinformática: Impactos da Informática na era do Big Data na Astronomia.

5. Arte e Cultura em Rede: Experiências universitárias, projetos universitários em spin-off e centros de desenvolvimento criativo, que promovam, fomentem, divulguem e exibam as práticas culturais e processos criativos articulados às tecnologias (videogames, animação transmídia, cine digital, cine expansivo, realidade aumentada e virtual, nos quais se “co-desenham” e “co-criam” conteúdos digitais); Interrelação entre Ciências, Artes e Tecnologias (artes visuais, música eletrônica, literatura, performances, dança eletrônica, entre outros); A Estética em produção digital, a epistemologia da imagem e as artes eletrônicas.

6. Física de altas energias: Aceleradores de partículas: Além do modelo Standard; Colaborações América Latina – CERN; Detectores (resistive plate chambers, water Cherenkov detectors, photomultipliers, etc); Análise, griding e mineração de dados; Machine learning; Aplicações à física médica; Astropartículas e física de raios gama; Redes de simulação para chuvas atmosféricas extensas; Colaborações na América latina; Raios cósmicos ultra energéticos; Física de neutrinos; Gamma Ray Bursts; Matéria Escura; Fundamentos da física de altas energias; Mecanismos de aceleração de partículas; Cosmologia em TeV; Cosmologia em branas; Supersimetrias.

Material que os postulantes devem preparar:

  1. Uma apresentação de, no máximo 20 minutos, que mostre a experiência desenvolvida em todas as suas etapas.
  2. Um resumo com uma extensão mínima de 3 e máxima de 8 páginas, que descreva o trabalho realizados e seus resultados.

Os idiomas oficiais são o espanhol e o português. É necessário que, além disso, se envie uma cópia do resumo do trabalho em Inglês.

Quem está convocado a participar:

A convocatória está dirigida aos grupos de pesquisadores trabalhando nas áreas definidas como prioritárias – indicadas anteriormente – cuja experiência envolva o uso de TICs (redes avançadas, bases de dados, repositórios, visualização, supercomputação, entre outros) como apoio ao trabalho de pesquisa.

Benefícios para os trabalhos selecionados:

O Projeto BELLA-T custeará o translado de um dos pesquisadores responsáveis pelo trabalho selecionado até o lugar que sediará o encontro, além de sua participação e hospedagem.

Convocatória para apresentação de trabalhos:

Se convida a apresentar trabalhos preferencialmente sobre as temáticas descritas anteriormente, enviando suas propostas para Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar. indicando no assunto do e-mail: Propuesta para la Convocatoria de Trabajos - Encuentro Latinoamericano de e-Ciencia

Datas importantes

16 de março: Início da Convocatória
24 de abril: Término da Convocatória
22 de maio: Notificação dos autores selecionados
3-5 de julho: Encontro Latinoamericano de e-Ciência – San José, Costa Rica

FaLang translation system by Faboba

Agradecimentos

EU flag yellowBELLA recebe financiamento da União Europeia através do programa Horizonte 2020 ao abrigo do contrato de subvenção número 731505 (BELLA-S1), da DG DEVCO ao abrigo do contrato de subvenção LA / 2016 / 376-534 (BELLA-T) e da DG GROW.

 

Contato

Caso você necessite de mais informações, escreva-nos:

Europa: info@geant.org

América Latina: RedCLARA_Comunica@redclara.net